// Oricana - Associação dos Fornecedores de Cana da Região de Orindiuva
Governo quer que preço mínimo para produto agrícola pare de passar pelo CMN

O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, disse nesta quinta-feira, 8, que o governo não vê necessidade de uma política de preços mínimos para produtos agrícolas no formato em que ocorre hoje, aprovadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Segundo ele, a equipe econômica deve lançar esse mês opções de balcão para preço mínimo.

 

"Para quê temos política de preço mínimo? Isso é caro para caramba! É muito mais fácil usar opções via mercado, você dá um subsídio muito menor para o agricultor, ele compra uma opção e está resolvido o problema. Estamos fazendo isso", disse ele.

 

 

Fonte: Globo Rural + Estadão Conteúdo/Noticias Agricolas